Uncategorized

Comunicações entre diretores e acionistas: lições aprendidas

No final de agosto de 2016, foi publicada a notícia de que a BlackRock, a maior gerenciadora de ativos do mundo, retirou o apoio a dois importantes diretores da ExxonMobil responsáveis por definir uma política que limitava a comunicação entre diretores e acionistas, de acordo com a Reuters e a Fortune.

Esse fato é significativo, já que mostra como os conselhos de empresas precisam considerar a abertura de linhas diretas de comunicação com investidores. Ainda assim, muitos conselhos, em geral, hesitam em se comunicar diretamente com os acionistas, já que os membros acreditam que esse trabalho foge à sua alçada. Trata-se de relações com investidores. Apesar do argumento contra, muitos conselhos estão percebendo a necessidade de aprimorar os canais de comunicação, o que não pode ser ignorado.

De acordo com a National Association of Corporate Directors, “À medida que o ativismo dos acionistas se torna a nova regra nas salas de reuniões nos EUA, os diretores devem estar preparados para responder a quaisquer desafios nesse aspecto”.

Por que esse veto importa

No mundo da governança corporativa, essa mudança comportamental que defende uma comunicação clara do conselho com o acionista é importante por diversas razões:

  1. Muitas empresas de gerenciamento de ativos são conhecidas por conduzir a devida diligência quando se trata da votação de seus acionistas a cada ano. Em geral, esses votos estão de acordo com as expectativas da empresa onde investiram. Portanto, quando um grande investidor veta algo, isso é relevante e pode significar uma grande mudança.
  2. Alguns investidores sentem que não podem acessar as informações necessárias para saber mais sobre a estratégia e os planos de alocação de capital de uma empresa. Para divulgar sua posição, eles vetam diretores do conselho que desejam limitar a comunicação com investidores.
  3. Os conselhos devem preparar-se para o ativismo de acionistas. Os acionistas querem verbalizar cada vez mais suas demandas. Querem mais transparência em como os negócios de uma empresa afetam a mudança climática, a estratégia de mercado ou outras preocupações.

Percepções dos diretores

Vamos examinar a discussão do ponto de vista do diretor. Como o ativismo dos acionistas afeta os diretores? Será que essa notícia recente sobre a BlackRock anuncia uma grande mudança de comportamento entre os conselhos de administração e os acionistas?

A maioria dos diretores (85%) acredita que a intenção dos ativistas está muito concentrada no desempenho em curto prazo, de acordo com uma pesquisa realizada pela NYSE/Evercore/Spencer Stuart. No entanto, os diretores estão cientes do aumento no ativismo dos acionistas. Ainda que alguns diretores possam não concordar com eles, a maioria (63%) dos diretores acredita na designação de um comitê ou de indivíduos específicos para interagir com grandes acionistas, de acordo com o relatório NYSE/Spencer Stuart.

Com o maior grau de ativismo dos acionistas, os conselhos informados precisam se comunicar com os acionistas com eficiência, para reduzir problemas ou o impacto negativo na organização, na marca e nos rendimentos em potencial. Os conselhos não podem mais se isolar. A seguir estão algumas práticas recomendadas sugeridas para estratégias de comunicação entre o conselho de administração e o acionista.

Dicas para melhorar a comunicação

  • Defina funções, responsabilidades e política. Escolha quais diretores devem se comunicar com os acionistas e como devem fazê-lo. Em diversas organizações, um diretor de relações com investidores, que se reporta ao conselho, é o principal ponto de contato. Esse profissional lida com as perguntas dos acionistas e dos investidores.
  • Determine os tópicos a serem abordados. A agenda é tratada pelo secretário do conselho? Se não for, os membros do conselho podem receber uma enxurrada de perguntas dos acionistas, com diferentes graus de importância. Um secretário do conselho pode ajudar a simplificar o processo para assegurar que as perguntas importantes sejam respondidas.
  • Determine os canais de comunicação preferenciais. Qual a forma mais eficaz de conduzir a comunicação entre diretores e acionistas? Qual a forma mais eficaz de comunicação entre diretores e todos os principais stakeholders para que eles estejam em sintonia? Um portal digital para conselhos pode oferecer esse tipo de canal ideal.
  • Lembre-se, é uma via de mão dupla. É importante existir um diálogo entre o conselho e os acionistas. Mesmo que as opiniões sejam diferentes, pode haver algumas informações estratégicas obtidas com as discussões.

Antes que qualquer membro do conselho se comunique com os acionistas, é fundamental que o conselho tenha uma base forte de comunicação já estabelecida. Um portal para conselhos pode facilitar a comunicação, a programação e o acesso ao material mais atualizado dos diretores. Pode também impor níveis mais altos de controle e visibilidade, além de proporcionar outros benefícios.
Para obter mais informações sobre uma comunicação do conselho eficaz, leia o white paper da Diligent Dez diretrizes práticas para melhorar a comunicação do conselho.

BLOGS EM DESTAQUE