iPads invadem sala de reuniões

LONDRES, 16 DE OUTUBRO DE 2012 — Podemos dizer que 2012 foi o ano em que o iPad começou a ser levado a sério. Destinado originalmente a ser um dispositivo divertido para os clientes, o iPad amadureceu e ingressou nas esferas mais altas das empresas, incluindo a sala de reuniões.

As vendas de tablets no Reino Unido para compradores corporativos superaram as vendas para clientes individuais em 2012, subindo de 35% de todas as compras no segundo trimestre do ano passado para 64% no mesmo período esse ano. E as vendas de iPad foram 72% desses tablets, um aumento de 56% em relação ao ano anterior.

O Capital Shopping Centres Group assinou como o 33º cliente FTSE 100 da Diligent Boardbooks Ltd., levando a taxa de crescimento no uso do portal para conselhos altamente seguro e do aplicativo para iPad da Diligent a 72% entre as empresas FTSE 100 desde o início de 2012. Pesquisas independentes mostram que três quartos dos diretores são a favor de colocar seus papéis importantes do conselho em formato eletrônico em vez de receber pacotes do conselho na forma impressa. Com base em nossa experiência, essas estimativas têm comprovado ser verdadeiras.

“O Diligent Boardbooks® oferece uma forma eficaz de modernizar as comunicações internas de forma segura devido a seu atendimento, à interface intuitiva e à compatibilidade com os dispositivos mais recentes” disse Charlie Horrell, diretor administrativo europeu, Diligent Boardbooks Ltd. “Fazer a transição para um portal eletrônico é uma progressão natural para os negócios e que está alterando a forma como os líderes e os conselhos se comunicam em relação às suas decisões mais importantes.” Usuários FTSE 100 atuais do aplicativo Diligent Boardbooks altamente seguro para iPad incluem empresas como Barclays, Pearson, Standard Life e Kingfisher plc.

A transição dos papéis do conselho tradicionais para uma versão digital tem vários impactos positivos nas pessoas que usam e que preparam os papéis. Os diretores do conselho apreciam a disponibilização mais rápida, o acesso mais fácil e os recursos de anotações, pesquisa e votação, enquanto a equipe que prepara os documentos é capaz de fazer alterações de última hora e melhorar a qualidade e a pontualidade do material do conselho. Há outros benefícios corporativos, em termos de economia, assim como em relação ao impacto ambiental. Ainda que a transição do papel possa ser uma decisão óbvia, a seleção do portal para conselhos correto para auxiliar na jornada é fundamental. Na Kingfisher plc, a transição para a tecnologia Boardbooks já rende bons resultados para os diretores.

David Morris, secretário assistente do conselho, disse: “A plataforma segura e a funcionalidade simples do Diligent Boardbooks têm representado uma grande economia de tempo para o secretariado e para o conselho da Kingfisher.” Notas para os editores: pesquisa disponibilizada de forma independente pela Computer Reseller News and Edis Bates Associates.